A Estônia está localizada na costa oriental do mar Báltico, no norte da Europa, entre as latitudes 57°30′N e 59°50′N e as longitudes 21°50′E e 28°10′E. Limita-se ao norte com o Golfo da Finlândia e a oeste com o mar Báltico. a leste, os lagos de Pskov e Peipus a separam da Rússia, mas nenhum acidente geográfico delimita sua fronteira sul com a Letônia. A elevação média do seu território alcança apenas 50m (160 ft.) devido este ser essencialmente constituído por planícies. Seu ponto mais elevado é o Monte Munamägi com 318 metros.

Seu clima divide-se entre o Temperado Marítimo e o Temperado Continental, úmido, com invernos moderados e verões frios. Os depósitos de xisto betuminoso (ou kukersite) e de pedra calcária, bem como as florestas que cobrem 47% do território, desempenham papéis chave na economia deste país pobre em recursos.

A Estônia contém mais de 1400 lagos (a maioria é muito pequena, mas o maior, o lago Peipsi, tem 3 555 km² de superfície), numerosos pauis, e 3 794 km de costa recortada com numerosas baías, estreitos e enseadas. O número de ilhas e ilhotas está estimado em cerca de 1500, sendo que duas delas são suficientemente grandes para constituir regiões: Saaremaa e Hiiumaa. O porto de Muuga, em Tallinn, oferece uma das melhores facilidades portuárias da Europa.

A Estônia integra com a Lituânia e a Letônia as chamadas repúblicas bálticas, sendo das três a menor. Tem 45 226 km² de território (129º) e uma população de cerca de 1 342 409 habitantes (est. 2007), dos quais cerca de 400 200 (est. 2007) na capital, Tallinn.

A localização estratégica da Estônia tem gerado muitas guerras entre forças rivais. Em 1944, sob a ocupação soviética, as regiões de Jaanilinn e Petseri foram anexadas ao território da RSFS da Rússia. A situação legal desses territórios e os problemas de fronteiras,permanecem indefinidos entre a República da Estônia e a Federação Russa, sucessora da União Soviética.

Características geográficas

A Estônia, com uma superfície baixa e plana é maior que muitos países europeus como a Dinamarca e a Suíça, mas sua área de 45

226 km² equivale à metade da de Portugal ou do tamanho do estado brasileiro do Espírito Santo. A Estônia tem um longo e não muito profundo litoral (1 393 km) ao longo do mar Báltico, com 1 520 ilhas que pontilham a costa. As duas ilhas maiores são Saaremaa (literalmente, “terra insular”), com 2 673 km² e Hiiumaa, com 989 km². As duas ilhas são os locais mais freqüentados nas férias dos estonianos.

O ponto mais alto do país, Suur Munamägi (“montanha do formato de ovo”), está na região sudeste, que é a mais elevada do país, e atinge 318 metros acima do nível do mar. A Estônia é coberta por aproximadamente 18 000 km² de florestas. As terras cultiváveis somam cerca de 9 260 km². Os prados cobrem cerca de 2 520 km², e as áreas de pasto cerca de 1 810 km². Há mais de 1 400 lagos naturais e artificiais na Estônia. O maior deles, o lago Peipsi (3 555 km²), faz a maior parte da fronteira entre a Estônia e a Rússia. Situado na região central da Estônia, o Võrtsjärv é o segundo maior lago (270 km²). Os rios Narva e o Emajõgi estão entre os mais importantes do país.

A Estônia tem um clima temperado, com quatro estações do ano de quase a mesma duração. A temperatura média varia de 16,3 °C nas ilhas bálticas para até 17,1 °C no continente em julho, o mês mais quente do ano, e de -3,5 °C nas ilhas bálticas para até -7.6 °C no continente em fevereiro, o mês mais frio. A precipitação média é de 568 milímetros por ano e é a mais alta no final do verão.

A fronteira da Estônia com a Letônia tem 267 km; a fronteira com a Rússia, 290 km. De 1920 a 1945, a fronteira da Estônia com a Rússia era estabelecida pelo Tratado de Paz de Tartu de 1920, no final da Segunda Guerra Mundial, Stalin anexou à União Soviética parte da região ao logo do rio Narva no nordeste da Estônia e nas proximidades da cidade de Pechory (Petseri), no sudeste. Estas áreas, no total de 2 300 km², são atualmente motivo de disputa entre a Estônia e a Rússia. (FONTE:http://pt.wikipedia.org/wiki/Geografia_da_Estonia).